quarta-feira, 26 de abril de 2017

Escolheu a Sagrada Comunhão para última refeição antes de ser executado

Ledell Lee, recluso no Estado do Arkansas (Estados Unidos da América), foi executado no passado dia 20 de Abril. Lee foi condenado à pena de morte em 1993, depois de ter assassinado uma vizinha com extrema violência. 

Podendo escolher o que queria comer na sua última refeição, antes de ser executado, o condenado escolheu receber "apenas" a Sagrada Comunhão. 

Rezemos para que esta decisão tenha sido um sinal de verdadeiro arrependimento pelos seus crimes e de verdadeira comunhão com Deus que o criou e morreu por ele na Cruz.


blogger

6 comentários:

Gustavo Moreira Reis disse...

Creio, que o prisioneiro, ao pedir a Sagrada Comunhão, tenha sido um sinal sincero de arrependimento, afinal, após 24 anos de prisão, ele teve tempo para se arrepender. Tomara que assim seja. Que Deus Nosso Senhor, de a ele o Eterno Descanso, e que a Luz Perpétua o ilumine. Rezarei por sua alma. Para Deus, nada é impossível. Ave Maria...

GRAÇA disse...

Lembrei do bom ladrão na hora da morte de Jesus...
Esse já está com Deus!

Anónimo disse...

Não há dúvida que seu arrependimento e sua fé foram sinceras, afinal pra que serviria senão para exortação dos que ficam e para conduzí-lo ao PAI. Creio que tenha ele pensado nas duas. A ELE a Glória e ao apenado a graça..Amém

Paulo Valenca disse...

Esse não perdeu sua alma,pelo visto!Imagino a fúria frustrada do Pai da Mentira!

Anónimo disse...

Mas o arrependimento não trás a vizinha de volta.
Porém, não estou a dizer que devia ser condenado à pena de morte. Só Deus tira a vida ao ser humano.

Anónimo disse...

tomara que que o comunhao tenha lhe enxeidoa bariga kkkkkkkkkkkk caso contrario la no inferno nao marmitex kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk[