segunda-feira, 31 de março de 2008

Solenidade da Anunciação


«Quando Isabel já andava de seis meses, Deus mandou o anjo Gabriel a Nazaré, na província da Galileia, para falar com uma jovem chamada Maria, que estava noiva de José, descendente do rei David. O anjo aproximou-se dela e disse-lhe: "Eu te saúdo, ó escolhida de Deus. O Senhor está contigo." Maria ficou perturbada com estas palavras e perguntava a si própria o que queria dizer aquela saudação. Então o anjo continuou: "Não tenhas medo, Maria, pois foste abençoada por Deus. Ficarás grávida e terás um filho, a quem vais pôr o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado o Filho do Deus altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono do seu antepassado David. Governará para sempre os descendentes de Jacob e o seu reinado não terá fim." Maria perguntou então ao anjo: "Como é que isso pode ser, se eu sou virgem?" Mas o anjo respondeu-lhe: "O Espírito Santo descerá sobre ti e o poder do Deus altíssimo te cobrirá como uma nuvem. Por isso o que vai nascer é santo e será chamado Filho de Deus. Também a tua parente Isabel vai ter um filho, apesar da sua muita idade. Dizia-se que não podia ter filhos, mas já está no sexto mês. É que para Deus não há nada impossível." Maria disse então: "Servirei o Senhor como ele quiser. Seja como tu dizes." E o anjo retirou-se.»
Lucas 1,26-38


blogger

Bora!!!

Missa para jovens
4ª feira, 2 de Abril, 22 horas

Igreja de S. Nicolau (na Baixa)


Faz 3 anos que o nosso Papa João Paulo II foi para o Céu!
Vamos agradecer a sua vida!

Vamos encher a Igreja de S. Nicolau de jovens! Vamos mostrar que os jovens fazem parte da Igreja e que a Igreja está unida! Junta-te a nós e passa mensagem!

blogger

Em relação ao post do russo da mancha...

É bom ver esta gente "importante", como ele ou o Tony Blair, a revelarem assim a sua fé. Isso fez-me pensar:

Faz pena não fazerem isso quando estavam no poder... ou seria melhor não? Às vezes não sei bem o que seria preferível, penso que haja prós e contras.
Por um lado como cristãos somos chamados a dar testemunho da nossa fé, por outro, sabemos que na política as coisas não são assim tão lineares e, às vezes, é preciso ser-se inteligente e saber pesar bem o que se revela de si mesmo. Acham ingenuidade uma pessoa dar a conhecer que vai à Missa e concorda com as posições da Igreja? Sabendo que isso pode não ser a coisa mais popular e o faz perder votos? Mas por outro lado, a solução é mascarar uma coisa que somos? Ser cristão pode ser apenas considerado como um assunto da vida pessoal? Ou uma forma de vida que me obriga a expor-me?
Precisamos de católicos na política, como em qualquer sector da sociedade, como em nossa casa. Os outros saberem que o que (QUEM!) move a minha vida é Cristo, de uma maneira clara e sem meias palavras, é um ponto negativo, um peso que me vai atrasar ou fazer perder alguma coisa importante? Será que misturado com isto há medo de afirmar que sou cristão e ser perseguido por isso(sendo que a perseguição pode ser o ser ignorado ou menosprezado pelos outros...)?
Acho que todos percebem as minhas dúvidas, aliás, penso que é um campo em que não há grandes certezas.
Isto veio-me à cabeça a propósito de uma conversa que tivemos na ultima ceia ( não "A Última Ceia"!) de Senzas em minha casa.

Gostava de ouvir as vossas opiniões!

16


blogger

prof + aluna + telefone = luta, desavença, combate, rixa

"Numa das reuniões do conselho executivo, a professora Adozinda Cruz confirmou que autorizou os alunos a manterem os telemóveis ligados, permitindo-lhes que ouvissem música. Patrícia terá extravasado a ordem atendendo uma chamada da mãe."

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1323798

Telemóveis ligados na aula, com música a bombar? A Adozinda perdeu a cabeça!!

blogger

Gorbachev & The 'Alter Christus'

Encontrei esta notícia quando andava a investigar uma coisa que descobri hoje à noite: uma das auto-denominações dos cristãos (sobre eles próprios, daí o auto) é "alter Christus" (outro Cristo). Aliás, existe quase uma polémica em relação a esta expressão poder aplicar-se a todos os católicos, ou apenas aos sacerdotes.

O primeiro a usá-la foi S.Ciprinano (séc.III): "christianus, alter Christus". No século seguinte, S.João Crisóstomo terá "completado" a expressão: "christianus, alter Christus; sacerdos, alter Christus". O concílio Vaticano II fala apenas do sacerdote como sendo "alter Christus", mas em uso comum aplica-se também a todos os baptizados.

Se eu como baptizado sou "alter Christus", então é o meu dever e o meu destino reproduzir na minha vida a vida do próprio Cristo. Isto tem muito que se lhe diga e tem tanto de comovente como de assustador, pela responsabilidade que me é "imposta".

Depois deste desabafo, aqui está a notícia:

On March 19th, while paying a visit to the tomb of St. Francis of Assisi, former Soviet leader Mikhail Gorbachev announced his faith in Christ.


"St Francis is, for me, the alter Christus, the other Christ," said Mr Gorbachev. "His story fascinates me and has played a fundamental role in my life," he added.

I look forward to hearing more of the story of Gorbachev's faith journey, as it clear much of it has remained (by necessity) hidden. I am not surprised that St. Francis has played such a central role in cutting deep into his soul. Like myself, the former (and last) communist leader of Russia is pursuing research and study into the life and teachings of this amazing saint. I hope his discoveries are as much to him as mine have been to me.

Notícia completa em: www.telegraph.co.uk/news/main.jhtml?xml=/news/2008/03/19/wgorbachev119.xml


blogger

sábado, 29 de março de 2008

Deus acolhe-me tal como sou?

Olá a todos! Chegou a hora do... retiro de Páscoa!

Se souberem de alguém que esteja com vontade de dar um abanão na vida, tenho a notícia certa:

no fds de 18 a 20 de Abril há um retiro no seminário da torre de Aguilha que vem mesmo a calhar!

É para quem tiver entre 18 e 35 anos; custa € 65 para estudantes e 75 para trabalhadores; começa às 7 p.m. de sexta e acaba à mesma hora de domingo.

Se alguém quiser mais alguma info ou inscrever-se, mail to ze.manel.ramalho@gmail.com

blogger

terça-feira, 25 de março de 2008

Nasceu a wikipédia dos santos: "www.santopedia.com"

Uma Wikipédia para os santos, para «conhecê-los»: esta é a ideia com que se lança o projeto «Santopedia», lançado por um grupo de jovens católicos de Barcelona para «fomentar o conhecimento dos santos» e «a pesquisa científica e estatística de suas vidas, especialmente dos mártires».

Nestes dias da Semana Santa, lançaram uma primeira versão do site, com o objetivo de fomentar a colaboração de pessoas com bons conhecimentos sobre o santoral. Nacho Cofré, diretor do projeto, disse à Zenit que «o site está em contínuo crescimento, de conteúdos e de funcionalidades» e o desejo é «que seja um projecto muito grande», mas reconhece que por enquanto «somos poucas pessoas realizando-o».

«Queremos que a devoção aos santos promovida pelo nosso site não parta do sentimento, mas do conhecimento. É por isso que tampouco queremos acrescentar muitas imagens nem frases sentimentais ou grandes expressões piedosas. Queremos que seja um lugar onde se possa encontrar a vida dos santos escrita objectiva e sobriamente», comenta.

Assim como projectos como a Wikipédia, o lançamento do site não é mais que o começo, pois a sua riqueza depende das colaborações dos seus usuários.

Pois bem, os seus promotores querem que ele sirva também de «enciclopédia, porque achamos que pode ser uma ferramenta para que pesquisadores, historiadores ou mentes inquietas possam extrair dados estatísticos e fiáveis que os ajudem a encontrar o que procuram», acrescenta Cofré.

«Tentamos que a informação seja comparada ao menos com uma fonte como o Martirológio Romano antes de ficar online. Precisaremos da ajuda de pessoas conhecedoras para que nos apoiem comparando as informações, mas esperamos que com o tempo o número de colaboradores cresça».

A vantagem da tecnologia utilizada é a de oferecer listas alfabéticas e práticos filtros como o país de origem, a ordem religiosa à qual pertenceram os santos ou o seu estado de vida: papas, bispos, sacerdotes, freiras, leigos, mártires, etc.

O site permite inscrever-se a um serviço pelo e-mail ou às notícias RSS para receber os santos de cada dia. Os sites podem acrescentar à sua página uma janela com os santos do dia.

Cofré considera que «a cultura em que vivemos às vezes faz-nos esquecer um dos grandes tesouros que a nossa Igreja tem: os santos. Conhecer as suas vidas e pedir a sua intercessão faz parte da rica e piedosa tradição da cultura cristã».

Os seus promotores sabem que existem sites sobre os santos muito mais ricos e com informação de qualidade; agora nasce a dimensão colaborativa.

«Por enquanto, já foram introduzidos cerca de 4.000 santos e beatos, e pensamos que dentro de um ano chegaremos aos 7.000», conclui o seu director.


blogger

Mensagem de Páscoa do Papa Bento XVI

Resurrexi, et adhuc tecum sum. Alleluia! – Ressuscitei, estou convosco para sempre. Aleluia! Amados irmãos e irmãs, Jesus crucificado e ressuscitado repete-nos hoje este jubiloso anúncio: é o anúncio pascal. Acolhamo-lo com íntimo enlevo e gratidão!

«Resurrexi, et adhuc tecum sum – Ressuscitei e estou convosco para sempre». Estas palavras, tiradas de uma antiga versão do Salmo 138 (v. 18b), ressoam ao início da Santa Missa de hoje. Nelas, ao nascer do sol de Páscoa, a Igreja reconhece a própria voz de Jesus que, ao ressurgir da morte, Se dirige ao Pai cheio de felicidade e de amor, exclamando: Meu Pai, eis-Me aqui! Ressuscitei, estou ainda convosco e estarei para sempre; o vosso Espírito nunca Me abandonou. E assim podemos compreender de modo novo ainda outras expressões do Salmo: «Se subir aos céus, lá Vos encontro, / se descer aos infernos, igualmente. /… / Nem sequer as trevas serão bastantes escuras para Vós, / e a noite será clara como o dia; / tanto faz a luz como as trevas» (Sal 138, 8.12). É verdade! Na solene vigília de Páscoa, as trevas tornam-se luz, a noite cede o passo ao dia que não conhece ocaso. A morte e ressurreição do Verbo de Deus encarnado é um acontecimento de amor insuperável, é a vitória do Amor que nos libertou da escravidão do pecado e da morte. Mudou o curso da história, infundindo um indelével e renovado sentido e valor à vida do homem.

«Ressuscitei e estou convosco para sempre». Estas palavras convidam-nos a contemplar Cristo ressuscitado, fazendo ressoar no nosso coração a sua voz. Com o seu sacrifício redentor, Jesus de Nazaré tornou-nos filhos adoptivos de Deus, de tal modo que agora também nós podemos inserir-nos no diálogo misterioso entre Ele e o Pai. Assoma à mente aquilo que Ele disse um dia aos seus ouvintes: «Tudo Me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho senão o Pai, como ninguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho O quiser revelar» (Mt 11, 27). Nesta perspectiva, sentimos que a afirmação dirigida hoje por Jesus ressuscitado ao Pai – «Estou convosco para sempre» – como que por reflexo diz respeito também a nós, «filhos de Deus e co-herdeiros de Cristo, se sofremos com Ele para sermos também glorificados com Ele» (cf. Rom 8, 17). Graças à morte e ressurreição de Cristo, também nós hoje ressurgimos para uma vida nova e, unindo a nossa voz à d’Ele, proclamamos que queremos ficar para sempre com Deus, nosso Pai infinitamente bom e misericordioso.

Deste modo entramos na profundidade do mistério pascal. O facto surpreendente da ressurreição de Jesus é, essencialmente, um acontecimento de amor: amor do Pai que entrega o Filho pela salvação do mundo; amor do Filho que, por todos nós, Se abandona à vontade do Pai; amor do Espírito que ressuscita Jesus dentre os mortos com o seu corpo transfigurado. E ainda: amor do Pai que «abraça de novo» o Filho, envolvendo-O na sua glória; amor do Filho que, pela força do Espírito, volta ao Pai revestido da nossa humanidade transfigurada. E assim, da solenidade de hoje que nos faz reviver a experiência absoluta e singular da ressurreição de Jesus, vem um apelo para nos convertermos ao Amor; vem um convite para vivermos recusando o ódio e o egoísmo e seguirmos docilmente as pegadas do Cordeiro imolado pela nossa salvação, imitando o Redentor «manso e humilde de coração», que é «alívio para as nossas almas» (cf. Mt 11, 29).

Irmãos e irmãs cristãos de todas as partes do mundo, homens e mulheres de ânimo sinceramente aberto à verdade! Que ninguém feche o coração à omnipotência deste amor que redime! Jesus Cristo morreu e ressuscitou por todos: Ele é a nossa esperança! Esperança verdadeira para todo o ser humano. Hoje, como fez outrora com os seus discípulos na Galileia antes de voltar para o Pai, Jesus ressuscitado envia-nos também por toda a terra como testemunhas da sua esperança e assegura-nos: Eu estarei sempre convosco até ao fim do mundo (cf. Mt 28, 20). Fixando o olhar da alma nas chagas gloriosas do seu corpo transfigurado, podemos compreender o sentido e o valor do sofrimento, podemos suavizar as muitas feridas que continuam a ensanguentar a humanidade ainda em nossos dias. Nas suas chagas gloriosas, reconhecemos os sinais indeléveis da misericórdia infinita de Deus, de que fala o profeta: Jesus é Aquele que cura as feridas dos corações despedaçados, que defende os fracos e proclama a liberdade dos escravos, que consola todos os aflitos e concede-lhes o óleo da alegria em vez do hábito de luto, um cântico de louvor em vez de um coração triste (cf. Is 61,1.2.3). Se nos abeiramos d’Ele com humilde confiança, encontramos no seu olhar a resposta ao anseio mais profundo do nosso coração: conhecer Deus e contrair com Ele uma relação vital numa autêntica comunhão de amor, que encha do seu próprio amor a nossa existência e as nossas relações interpessoais e sociais. Para isso, a humanidade precisa de Cristo: N’Ele, nossa esperança, «fomos salvos» (cf. Rom 8, 24).

Quantas vezes as relações entre pessoa e pessoa, entre grupo e grupo, entre povo e povo, em vez de amor, são marcadas pelo egoísmo, pela injustiça, pelo ódio, pela violência! São as pragas de humanidade, abertas e dolorosas em todo canto do planeta, mesmo se, frequentemente, ignoradas e, às vezes, ocultadas de propósito; chagas que dilaceram almas e corpos de numerosos dos nossos irmãos e irmãs. Elas esperam ser sanadas e curadas pelas chagas gloriosas do Senhor ressuscitado (cf. 1Pd 2,24-25) e pela solidariedade dos que, sobre o seu rasto e em seu nome, põem gestos de amor, empenhando-se com factos em prol da justiça e difundem em volta de si sinais luminosos de esperança nos lugares ensanguentados pelos conflitos e sempre onde a dignidade da pessoa humana continua a ser desprezada e espezinhada . O auspício é que precisamente ali se multipliquem os testemunhos de mansidão e de perdão.

Amados irmãos e irmãs! Deixemo-nos iluminar pela luz fulgurante deste Dia solene; com sincera confiança abramo-nos a Cristo ressuscitado, para que a sua vitória sobre o mal e sobre a morte triunfe também em cada um de nós, nas nossas famílias, nas nossas cidades e nas nossas Nações. Se manifeste no mundo inteiro. Como não pensar neste momento, de modo particular, em algumas regiões africanas, tais como o Darfur e a Somália; no atormentado Oriente Médio, especialmente na Terra Santa, no Iraque, no Líbano, em enfim no Tibete, regiões para as quais faço votos por que se encontrem soluções que salvaguardem o bem e a paz! Imploremos a plenitude dos dons pascais, por intercessão de Maria que, depois de ter compartilhado os sofrimentos da paixão e crucifixão do seu Filho inocente, também experimentou a alegria inefável da sua ressurreição. Associada à glória de Cristo, seja Ela a proteger-nos e a guiar-nos pelo caminho da solidariedade fraterna e da paz. São estes os votos pascais que formulo para vós aqui presentes e para os homens e mulheres de todas as nações e continentes que estão unidos connosco através da rádio e da televisão. Uma Páscoa feliz!


blogger

segunda-feira, 24 de março de 2008

Ressuscitou! ALELUIA!!

«No fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. E eis que houvera um grande terramoto, porque um anjo do Senhor, descendo do céu, chegou, removendo a pedra da porta, e sentou-se sobre ela. O seu aspecto era como um relâmpago e as suas vestes brancas como neve. Os guardas, com medo dele, ficaram muito assombrados, como mortos. Mas o anjo, respondendo, disse às mulheres: Não tenhais medo; pois eu sei que buscais a Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia. Ide pois, imediatamente, e dizei aos seus discípulos que já ressuscitou dentre os mortos. E eis que Ele vai adiante de vós para a Galileia; ali O vereis. Eis que eu vo-lo tenho dito. E, saindo elas pressurosamente do sepulcro, com temor e grande alegria, correram a anunciá-lo aos seus discípulos.»
Mateus 28, 1-8


blogger

sábado, 22 de março de 2008

dia 40

Se uma consolação interior neste mundo nos faz experimentar tanta doçura, se torna leves as nossas cruzes, se no-las faz esquecer... que será o céu?

blogger

Sábado Santo, dia de repouso, junto ao sepulcro


«E eis que um homem por nome José, senador, homem de bem e justo, que não tinha consentido no conselho e nos actos dos outros, de Arimatéia, cidade dos judeus, e que também esperava o reino de Deus; esse, chegando a Pilatos, pediu o corpo de Jesus. E, havendo-o tirado, envolveu-o num lençol, e pô-lo num sepulcro escavado numa rocha, onde ninguém ainda havia sido posto. Era o dia da preparação e amanhecia o sábado. E as mulheres, que tinham vindo com ele da Galileia, seguiram também e viram o sepulcro e como foi posto o seu corpo. Voltando elas, prepararam especiarias e unguentos; e no sábado repousaram, conforme o mandamento
Lucas 23, 50-56


blogger

sexta-feira, 21 de março de 2008

Sexta-feira Santa

Stabat Mater dolorosa
Juxta Crucem lacrimosa
Dum pendebat Filius

Cujus animam gementem
Contristatam et dolentem
Pertransivit gladius

O quam tristis et afflicta
Fuit illa benedicta
Mater Unigeniti!

Quae moerebat et dolebat
Et tremebat cum videbat
Nati poenas inclyti

Quis est homo, qui non fleret
Christi Matrem si videret
In tanto supplicio?

Quis non posset contristari
Piam Matrem contemplari
Dolentem cum Filio?


blogger

dia 39

Temos de sofrer? Algumas humilhações? Algumas pisadelas? Algumas palavras ferinas? Nada disso mata.

blogger

quinta-feira, 20 de março de 2008

dia 38

A inveja é um vício anticristão e desumano.

blogger

quarta-feira, 19 de março de 2008

dia 37

A pregação dos santos são os seus exemplos.

blogger

terça-feira, 18 de março de 2008

dia 36

Quando fostes baptizados, aceitastes uma cruz que não deveis abandonar até morrer!

blogger

"Ficai aqui e vigiai comigo!"

Paróquia de Nossa Senhora do Carmo
Igreja do Alto Lumiar


Vigília de Oração:

"Ficai aqui e vigiai comigo!"

Quinta-Feira Santa - Dia 20 de Março
Das 21h00 às 7h00 da manhã de Sexta-Feira

Das 5h00 às 6h00 é a hora ejNS. Agradeço desde já ao senza Tiago que é o responsável pela hora ejNS.

Queriam programa senza para quinta-feira, não era? Agora já o têm!!! Vai haver comes e bebes (muito café) senza!

Fico à vossa espera. Até lá!

Boa semana Santa!



blogger

segunda-feira, 17 de março de 2008

dia 35

Farei uma pequena penitência e todos serão melhores.

blogger

sábado, 15 de março de 2008

assim na terra como no Céu

Feliz Dia do Pai!


blogger

dia 34

A nossa alma é tão preciosa aos olhos de Deus que, na sua imensa sabedoria, Ele não achou alimento digno dela a não ser o Seu corpo.

blogger

sexta-feira, 14 de março de 2008

dia 33

A oração é uma doce amizade, uma maravilhosa familiaridade.

blogger

quinta-feira, 13 de março de 2008

dia 32

Hoje quero fazer tudo para dar glória a Deus.

blogger

Frase do dia (juntamente com a do Senzhugo, pois tá claro)

"Reza, tem fé e não te preocupes"

São Pio de Pietrelcina (Padre Pio)


Biografia em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Padre_pio

blogger

A Quaresma dividida por 10

A quaresma começa, precisamente, com um símbolo bem conhecido e consolidado: a Cinza, que nos lembra a condição efêmera da vida e seu destino de eternidade em Deus. A Cinza de cada ano, recorda também a árvore da Cruz Ressuscitada da vigília Pascal do ano anterior.

1.- A quaresma é DESERTO. É aridez, solidão, jejum, austeridade, rigor, esforço, penitência, perigo, tentação.
2.- A quaresma é PERDÃO. As histórias bíblicas de Jonas e de Nínive e a parábola do filho pródigo são exemplos dele.
3.- A quaresma é ENCONTRO, é abraço de reconciliação como na parábola do filho pródigo ou na conversão de Zaqueu ou no diálogo de Jesus Cristo com a mulher adúltera.
4.- A quaresma é LUZ, como se põe em evidência, por exemplo, no evangelho do cego de nascimento. É a passagem das trevas para a luz. Jesus Cristo é a luz do mundo.
5.- A quaresma é SAÚDE, símbolo manifestado nos textos como na cura do paralítico ou do filho do centurião.
6.- A quaresma é AGUA. É a passagem da sede de nossa insatisfação para a água viva, a água de Moisés ao povo de Israel no deserto ou de Jesus à mulher samaritana.
7.- A quaresma é superação vitoriosa das provas e dificuldades. É LIBERTAÇÃO, TRIUNFO. Algumas figuras bíblicas, que sofrem graves perigos e vencem na prova, são José filho de Jacó, a casta Suzana, Ester, o profeta Jeremias e, sobretudo, Jesus, tentado e transfigurado.
8.- A quaresma é CRUZ. Sinal e presença permanente durante toda a quaresma. Prefigurada no Antigo Testamento e manifestada com o exemplo de Jesus Cristo e com seu convite de carregá-la como condição para o seguimento.
9.- A quaresma é TRANSFIGURAÇÃO. É a luz definitiva do caminho quaresmal, preanunciada e vivida na cena da transfiguração de Jesus. Pela cruz para a luz".
10.- A quaresma é o esforço para retirar o fermento velho e incorporar a FERMENTAÇÃO NOVA DA PÁSCOA RESSUSCITADA E RESSUSCITADORA, agora e para sempre.


blogger

quarta-feira, 12 de março de 2008

dia 31*

A graça de Deus converte tudo em Ouro.

blogger

Curiosidades pascais

Este ano a Páscoa é muito cedo!

A Páscoa é sempre o primeiro Domingo depois da primeira lua cheia depois do equinócio de Primavera (20 de Março). Esta datação da Páscoa baseia-se no calendário lunar que o povo hebreu usava para identificar a Páscoa judaica, razão pela qual a Páscoa é uma festa móvel no calendário romano.

Este ano a Páscoa acontece mais cedo do que qualquer um de nós irá ver alguma vez na sua vida! E só os mais velhos da nossa população viram alguma vez uma Páscoa tão temporã (mais velhos do que 95 anos!).

1) A próxima vez que a Páscoa vai ser tão cedo como este ano (23 de Março) será no ano 2228 (daqui a 220 anos). A última vez que a Páscoa foi assim cedo foi em 1913.

2) Na próxima vez que a Páscoa for um dia mais cedo, 22 de Março, será no ano 2285 (daqui a 277 anos). A última vez que foi em 22 de Março foi em 1818. Por isso, ninguém que esteja vivo hoje, viu ou irá ver uma Páscoa mais cedo do que a deste ano.

in Povo


blogger

terça-feira, 11 de março de 2008

dia 30

O orgulho é o pecado que mais horror inspira a Deus.

blogger

Mil! Mil! Mil! Mil! Mil! Mil! Mil! Mil! Mil! (vezes infinitos Mil!)

Pois é, meus amigos, tive o privilégio de escrever o post 1000 do nosso blog senzástico!!

Bem, há tanto para dizer, que resolvi não dizer nada. Deixo apenas um momento que explica bem o que têm sido estes quase 3 anos de ser Senza. Então vejamos: A animação é total, como sempre. Os outros 6 senzas tinham ido à casa-de-banho.

Convido-vos a escreverem nos comentários a vossa preciosa opinião sobre o blog. Ou então não escrevam nada, somos felizes à mesma!

SEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEENNNNNNNNZZZZZZZZAAAAAAAA

blogger

segunda-feira, 10 de março de 2008

dia 29*

Coisa estranha: encontrei muita gente arrependida de não ter amado a Deus; nunca encontrei pessoa alguma triste e arrependida de amá-Lo.

blogger

sábado, 8 de março de 2008

dia 28

Penso que se tivéssemos fé, seríamos senhores das vontades de Deus; estariam presas a nós, e Ele não nos recusaria nada.

blogger

sexta-feira, 7 de março de 2008

Congratulations!



Hoje o Pedro Luz faz anos!!
Aqui fica uma fotografia tirada por ele e em que o Pedro está presente na figura do pequeno grande Inácio de Loyola!


blogger

dia 27

Que quereis que Deus vos dê, se só contais com o vosso trabalho e para nada com Ele?

blogger

quinta-feira, 6 de março de 2008

dia 26

Saboreai a alegria dos filhos de Deus. Rezai para que a minha fé e a minha paz perdurem. Andam juntas.

blogger

24 HORAS NO MOSTEIRO



blogger

quarta-feira, 5 de março de 2008

dia 25

Bom-dia meu Anjo da Guarda. Amo-te com ternura. Guardaste-me nesta noite enquanto eu dormia, guarda-me neste dia sem ofender a Deus, ao menos mortalmente.

blogger

Professor + Drogas = "Moisés agiu sob o efeito de... alucinógeneos"


«O profeta Moisés estava sob o efeito de poderosos alucinógeneos quando desceu o monte Sinai e apresentou os Dez Mandamentos ao povo judeu», afirma Benny Shanon, professor do Departamento de Psicologia Cognitiva da Universidade Hebraica de Jerusalém, segundo noticiou o site brasileiro globo.com.

Num artigo provocador publicado esta semana na «Time and Mind», uma revista cientifica dedicada à filosofia, Shanon considera que o consumo de psicotrópicos fazia parte dos rituais religiosos dos judeus mencionados no livro do Êxodo da Bíblia.

«Em relação a Moisés no monte Sinai trata-se de um acontecimento cósmico sobrenatural no qual não acredito, ou de uma lenda na qual também não creio, ou, e isso é muito provável, de um acontecimento que uniu Moisés e o povo de Israel sob o efeito de alucinógeneos», declarou o professor à rádio pública israelita.

Shanon acrescentou que «a Bíblia afirma no sentido que o povo vê sons e esse é um fenómeno muito clássico, por exemplo na tradição da América Latina onde se pode ver a música». O estudioso mencionou também os exemplos da sarça ardente e da Árvore do Conhecimento no Jardim do Éden, indicando que, nos desertos do Sinai egípcio e do Neguev israelita, há ervas e plantas alucinógeneas que os beduinos ainda utilizam.

De acordo com o professor Shanon, as sociedades tradicionais xamânicas utilizam alucinógeneos nos seus rituais religiosos. «Mas essa utilização está submetida a regras muito estritas», explica. «Fui convidado em 1991 para uma cerimónia religiosa no norte da Amazónia durante a qual provei um preparado feito com uma planta, a ayahuasca, e tive visões de conotação espiritual e religiosa», acrescentou.

Segundo o investigador, os efeitos psicadélicos das bebidas preparadas com a ayahuasca são comparáveis aos produzidos pelas bebidas fabricadas com o córtex da acácia. A Bíblia refere frequentemente essa árvore, e a sua madeira é parecida com a que foi utilizada para construir a Arca da Aliança.

in PortugalDiário


blogger

terça-feira, 4 de março de 2008

Um problema que vale dinheiro...

"Multicolinearidade consiste em um problema comum em regressões, onde as variáveis independentes possuem relações lineares exactas ou aproximadamente exactas. O indicio mais claro da existência da multicolinearidade é quando o é bastante alto, mas nenhum dos coeficientes da regressão é estatisticamente significativo segundo o teste t convencional. As consequências da multicolinearidade em uma regressão são a de erros-padrão elevados no caso de multicolinearidade moderada ou severa e até mesmo a impossibilidade de qualquer estimação se a multicolinearidade for perfeita. Outros problemas comuns em uma regressão são a heteroscedasticidade e a autocorrelação." (In Wikipédia)
Descobri que é este o fenómeno que se passa com as minhas Férias: Sempre que entro de férias os "mercados accionistas" têm as maiores quedas (cada uma maior que a anterior). vejam a evidência na figura seguinte:


Escrevo este post por dois motivos:

1. Verificarem que sou um "ganda" beato e que as minhas férias de 2007 foram só beatices...
2. Que sou um beato que gosta de ganhar € por isso, tenho à venda - por 100 Euros - o meu mapa de férias para este ano de 2008.
(50% dos lucros obtidos serão revertidos para a Fundação "Ajuda a Igreja que Sofre").


blogger

dia 24

Deixai uma paróquia 20 anos sem padre: ali se adorarão os animais.

blogger

segunda-feira, 3 de março de 2008

Senzaniversário

PARABÉNS JOJÓÓÓÓÓÓÓÓÓ!!!!


blogger

dia 23

Deus não nos pede o martírio; pede-nos que resistamos a umas poucas tentações.

blogger

sábado, 1 de março de 2008

dia 22

Não vos assusteis com o vosso fardo. O Senhor carrega-o juntamente convosco.

blogger